ITAÚSA - INVESTIMENTOS ITAÚ S.A.

CNPJ 61.532.644/0001-15Companhia AbertaNIRE 35300022220

FATO RELEVANTE

ATA SUMÁRIA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
REALIZADA EM 13 DE FEVEREIRO DE 2017

DATA, HORA E LOCAL: em 13.02.2017, às 17:00 horas, na Praça Alfredo Egydio de Souza Aranha, 100, Torre Olavo Setubal, 9º andar, em São Paulo (SP).

...

...(excerto)...

DELIBERAÇÕES TOMADAS:

I) PROVENTOS AOS ACIONISTAS: com fundamento no Artigo 13 do Estatuto Social, os Conselheiros deliberaram, por unanimidade e “ad referendum” da Assembleia Geral:

1.JCP adicional do exercício de 2016: declarar juros sobre o capital próprio adicionais ao dividendo obrigatório do exercício de 2016 no valor de R$ 0,16780 por ação, que serão pagos aos acionistas com retenção de 15% de imposto de renda na fonte, resultando em juros líquidos de R$ 0,14263 por ação, excetuados dessa retenção os acionistas pessoas jurídicas comprovadamente imunes ou isentos; esses juros terão como base de cálculo a posição acionária final do dia 20.02.2017 e serão creditados, de forma individualizada a cada acionista, nos registros da Companhia em 03.03.2017, para pagamento conforme segue:
(i)a primeira parcela será paga em 03.03.2017 no valor de R$ 0,04900 por ação (líquido de R$ 0,04165 por ação); e
(ii)a segunda parcela será paga em 06.04.2017 no valor de R$ 0,11880 por ação (líquido de R$ 0,10098 por ação), de modo que essa importância possa ser utilizada para integralização das ações que eventualmente vierem a ser subscritas pelos Acionistas na chamada de capital mencionada no item II abaixo.
2.JCP obrigatório do exercício de 2016: em 03.03.2017 também serão pagos, de forma antecipada e em parcela única, os juros sobre o capital próprio declarados por este Conselho de Administração em reunião de 19.12.2016, por conta do dividendo obrigatório do exercício de 2016, no valor de R$ 0,27600 por ação (líquido de R$ 0,23460 por ação), tendo como base de cálculo a posição acionária final do dia 22.12.2016, conforme anteriormente divulgado.
2.1)O pagamento antecipado e em parcela única do JCP obrigatório se justifica pelo fato da segunda parcela do JCP adicional ora declarado, item 1-ii acima, ser suficiente para a integralização das ações que eventualmente os Acionistas vierem a subscrever na chamada de capital mencionada no item II abaixo.
3.Registrar que os proventos líquidos declarados por conta dos resultados de 2016 representam: (i) 47,87% do lucro líquido ajustado do exercício; e (ii) incremento de 37,43% em relação aos proventos líquidos declarados do exercício de 2015, conforme segue:
ProventosPosição
Acionária
Data de
Pagamento
Valor Líquido por
Ação - R$
Dividendos/JCP pagos antecipadamente:
Dividendos trimestrais (R$ 0,015 por ação) pagos em 01.07.2016, 03.10.2016 e 02.01.2017
JCP declarado em 08.08.2016 e pago em 25.08.2016
0,04500
0,06715
Dividendos/JCP a serem pagos:
JCP declarado em 19.12.2016
JCP adicional declarado em 13.02.2017
1ª parcela
2ª parcela
Dividendo trimestral declarado antecipadamente

22.12.2016

20.02.2017
20.02.2017
24.02.2017

03.03.2017

03.03.2017
06.04.2017
03.04.2017

0,23460

0,04165
0,10098 0,14263
0,01500
Total dos proventos líquidos declarados por conta do exercício de 2016
Total dos proventos líquidos declarados por conta do exercício de 2015 (*)
(*) para melhor comparabilidade considerou-se a bonificação aprovada em 29.04.2016
0,504380
0,365586

I) CHAMADA DE CAPITAL: os Conselheiros deliberaram, com a presença e manifestação favorável do Conselho Fiscal, elevar o capital social subscrito e integralizado de R$ 36.405.000.000,00 para R$ 37.145.000.015,80, mediante emissão de novas ações para subscrição particular, dentro do limite do capital autorizado, com observância do seguinte:

... ... ...

veja o aviso original aqui (http://zeeg.pw/itsa_13_2_2017)