21/06/2017 19:01 MULTIPLAN (MULT-N2) - Ata Reuniao do Conselho de Administracao - 21/06/17

MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A.
Companhia Aberta
CNPJ/MF Nº 07.816.890/0001-53
NIRE Nº 33.3.0027840-1



Ata da Reunião do Conselho de Administração
realizada em 21 de junho de 2017



(excerto...)

1. Data, hora e local: No 21º dia de junho de 2017, às 17:00 horas, na sede da Multiplan Empreendimentos Imobiliários S.A. (“Companhia”), na Cidade e Estado do Rio de Janeiro, na Av. das Américas nº 4.200, bloco 2, 5º andar, Barra da Tijuca.

2. Convocação e Presença: A convocação foi realizada nos termos do Estatuto Social da Companhia, tendo sido verificada a presença da totalidade dos membros do Conselho de Administração.

... ... ...

4. Ordem do dia: Deliberar sobre o pagamento de juros sobre o capital próprio, no montante bruto de R$ 110.000.000,00 (cento e dez milhões de reais).

5. Deliberações: Os Srs. Conselheiros deliberaram, por unanimidade e sem quaisquer reservas, os seguintes assuntos:

5.1. Aprovar o pagamento de juros sobre o capital próprio, no montante bruto de R$ 110.000.000,00 (cento e dez milhões de reais), correspondente a R$ 0,55205752114 por ação. O montante dos juros sobre o capital próprio encontra suporte nas demonstrações financeiras da Companhia levantadas em 31 de maio de 2017.

5.1.1. Exceto para os acionistas comprovadamente isentos ou imunes na forma da legislação aplicável, o pagamento dos juros sobre o capital próprio será realizado com retenção de 15% (quinze por cento) de imposto de renda na fonte, resultando em juros líquidos de R$ 0,46924889297 por ação.

5.1.2. O pagamento dos juros sobre o capital próprio será realizado aos acionistas inscritos nos registros da Companhia em 26 de junho de 2017. As ações da Companhia serão negociadas “ex juros” a partir de 27 de junho de 2017, sendo que o pagamento dos juros sobre o capital próprio será realizado aos acionistas até 31 de maio de 2018.

5.1.3. Sem prejuízo de eventuais dividendos que possam vir a ser declarados pela Assembleia Geral Ordinária a realizar-se até 30 de abril de 2018, os juros sobre o capital próprio serão imputados ao dividendo mínimo obrigatório relativo ao exercício social a ser encerrado em 31 de dezembro de 2017 pelo seu valor líquido, ou seja, depois de deduzido o imposto de renda na fonte, na forma do disposto no artigo 9, parágrafo 7º, da Lei nº 9.249/95 e no item III da Deliberação nº 683/2012 da Comissão de Valores Mobiliários – CVM.

... ... ...



veja o aviso original aqui (http://zeeg.pw/mult2162017)